Aconteceu no dia 18/07/2010 a I EDIÇÃO DO TRADITIONAL FIGHTER na cidade de Petrolina, estado de Pernambuco. O evento foi organizado pela Federação Pernambucana de Kung-fu, juntamente com a Associação Vale do São Francisco de Kung-fu, ambas as entidades coordenadas pelo professor Ivanildo Siqueira da Silva. O mesmo evento ainda aconteceu com parceria e coordenação da CBKFS (Confederação Brasileira de Kung-fu Shaolin), e teve a participação de aproximadamente 50 atletas competidores, que atuaram nas modalidades de katis (mãos e armas), toi-shás (mãos e armas), combates de wushu e combates de Traditional Fighter.

Participaram do evento atletas da Associação do Vale do São Francisco de Kung-fu (PE), Associação Dakaru de Kung-fu (Alagoas), National Chinese Boxing Institute – NCBI (Ceará), Equipe de Muai Thay do Professor Kallil (Juazeiro do Norte – Bahia), Xavier Henri Baudequin representante do IAIDO (PE), Equipe de atletas da Combat Team de Juazeiro do Norte (Bahia), Grupo especial de dança Dirdy Pop (coordenados pelo professor Milton), Equipe de Tae Kwon Do de Petrolina coordenada pelo professor José Ivanildo de Alencar (PE) e atletas da Associação Gin-Like de Kung-fu Wushu coordenada pelo professor Antônio Marcos (PE). O evento teve cobertura de várias mídias, sendo que a principal que esteve presente dando divulgação integral foi a Rede Globo de televisão.

Grande destaque teve a Associação Dakaru de Kung-fu que foi representada com 17 atletas e coordenada pelo professor Christiano Gomes Lins, os quais abrilhantaram o evento com forte demonstração de habilidades, seriedade e disciplina. A equipe do Ceará, NCBI, foi coordenada pelo professor Francisco Batista dos Santos Júnior, os quais se destacaram fortemente nos combates de wushu, na disciplina da equipe, composta em grande parte por atletas iniciantes, más que revelaram grande superioridade na maioria das lutas realizadas.

Prof. Christiano (AL), Prof. Batista (CE), Prof. Ivanildo (PE), Paulo Sergio CBKFS SP

 

A primeira edição do Traditional Fighter ocorreu em ringue no nível do solo protegido simplesmente com tatames, e foi arbitrado pelo mestre Xavier, da linhagem Iaido, com grande autoridade e rígida disciplina. O atleta Elton John (90 quilos e 28 anos), da Combat team de Juazeiro do Norte, venceu a luta por W.O.; não houve oponentes para o atleta nesta faixa de peso. O atleta Elton lutará em São Paulo em setembro de 2010 na próxima edição do evento.

Na categoria até 75 quilos do Traditional Fighter, venceu o atleta do kung-fu, Vanildo da Silva Araújo, que lutou contra o atleta do Muai Thay, Arthur Soares Bucci, que ficou com o segundo lugar e também tem direito a disputar reclassificação em setembro, em São Paulo.

O evento contou com a coordenação de arbitragem do próprio presidente da CBKFS, Paulo Sergio de Carvalho Barbosa, o qual também foi o ministrante de vários cursos no dia anterior: curso de arbitragem (traditional fighter), curso de chi-kung (nível básico) e curso de san-tin-kwan. Nas lutas de wushu, o árbitro responsável foi o professor Alisson Prado, que relevou enorme talento e domínio das lutas de kung-fu, mantendo a disciplina e a seriedade de todos os combates. Graças à atuação do árbitro Alisson, não ocorreram acidentes relevantes nos combates de wushu.

Embora a quantidade de atletas tenha sido considerado pequeno pelo presidente da CBKFS, relata o professor Ivanildo (Federação de Kung-fu de Pernambuco) que a realidade da região tem permitido somente eventos com esta média de participantes, devido à cultura marcial da região e pela dificuldade de acesso ao local.

Anúncios