O Samurai que trilha o caminho do guerreiro deve ter dois tipos de disposição : a interior e a exterior, se não possuir as duas não terá valor. É como, por exemplo , a lâmina de uma espada, deve ser afiada e colocada na bainha. De tempos em tempos, sacada , limpa, recolocada novamente na bainha. Se um Samurai empunha a katana o tempo todo, as pessoas não se aproximarão e ele não terá aliados. Se a espada está sempre embainhada, ela enferrujará , a lâmina perderá o fio, e as pessoas pensarão o mesmo de seu dono.

Yamamoto Tsunetomo – Hagakure – 1716

Anúncios