No inicio do mês de Junho , o professor Chiaki Ishii– o primeiro judoka brasileiro a conquistar uma medalha olímpica e mundial (bronze, nos Jogos Olímpicos de Munique em 1972 e no Mundial de Ludwigshafen em 1971, na Alemanha) – recebeu a confirmação da promoção para o 9º Dan.

Ishii recebeu a confirmação logo que chegou de uma viagem de pouco mais de um mês ao Japão onde, com sua esposa (Dª. Keiko), foi rever amigos e parentes. Na volta do Japão, fez uma parada de duas semanas em San Jose (Califórnia) onde reside sua filha Tânia, casada com o ex-campeão mundial de judô Mike Swain.

Na bagagem, Ishii já trazia outra conquista: o reconhecimento do 8º Dan pelo Instituto Kodokan (foto), hoje presidido pelo seu ‘kohai Haruko Uemura, campeão mundial e olímpico (Lausanne/Suíça e Montreal/Canadá): “Fiquei muito contente. Dois reconhecimentos muito importantes. Também estou feliz por saber que meu nome foi aprovado junto com o do prof. Shuhei Okano, meu técnico na época de competidor. O prof. Okano já recebeu seu 9º Dan há poucas semanas. Pena não termos recebido juntos; eu estava no Japão”, lamentou Ishii que receberá sua faixa em data a ser definida. “Fiquei muito tempo fora e tenho muita coisa para resolver. Assim que tudo estiver em ordem a data será marcada”, declarou o prof. Ishii com exclusividade (e em primeira mão) para o JudoPaulista.

Fonte LIPEJU

Anúncios