por Shihan Edson Formosino da Silva 

Sada – Sistema de Auto-Defesa Avançado-

9º Dan Kickboxing-6º Dan karate

 

Com o advento da arma de fogo no oriente, muitas técnicas de autodefesa tiveram que ser adaptadas às necessidades que na ocasião enfrentariam quando a pessoa se encontrasse com alguém armado com arma de fogo.

Muitas das técnicas que eram usadas contra facas e espadas tiveram uso modificado ou adaptado para fazer frente a esse novo tipo de armamento.

Isso desencadeou uma onde de incredulidade em alguns que estavam vendo muitas pessoas morrerem facilmente sem chances de defesa quando faziam frente a essas armas.

Os samurais eram pessoas que tinham uma óptica bélica muito apurada, cuidaram logo de colocar o arcabuz em seu equipamento de combate, fazendo dessa forma parte de seu arsenal para a batalha. Lógico que as armas usadas nas épocas feudais tinham suas limitações, devido à pólvora as ser molhada ficar inútil para uso, o que fazia com que o guerreiro antigo sempre tivesse sua espada afiada e pronta para uso.

Hoje temos armas de fogo moderníssimas e com capacidade letal muito grande. As técnicas modernas de autodefesa (defesa pessoal) são técnicas realmente voltadas para serem usadas em situações reais contra essas armas.

Infelizmente muitos praticantes e ate professores negligenciam a prática de defesa pessoal, alegando que não existe defesa eficiente frente a uma arma de fogo, e temos vários relatos jornalísticos de pessoas que são leigas em artes marciais e autodefesa e que reagiram a assaltos a mão armada e alguns chegaram ate a tomar a arma do assaltante.

Isso nos prova que existe situações em que podemos nos defender. Claro! a regra principal é não reagir para não por vida em risco, mas existem situações em que não outra opção a não ser reagir. As artes marciais praticavam as técnicas de autodefesa durante seus treinamentos e mantinham viva essa parte integrante em seu treinamento, porém, com o passar dos anos e o direcionamento de algumas artes para o lado competitivo essa parte foi ficando esquecida.

Hoje ainda vemos alguns professores e praticantes relutarem em aprender técnicas de defesa pessoal achando que suas artes o mantém preparado para uma situação real. Infelizmente isso é um erro cabal. As técnicas usadas nas competições são bem diferentes daquelas usadas para situação real. Aquelas que servem para marcar pontos nem sempre serão efetivas numa luta pela vida.

As artes marciais como o karatê, taekwon-dô, judô hoje muito competitivas em sua grande maioria hoje seus praticantes não se dedicam a prática de técnicas de defesa pessoal. Algumas por terem a sua utilização em tropas militares e policias como o Hapkidô, tem essa prática evidenciada.

Sabemos que isso vai variar de academia para academia, pois, cada professor trabalha seu grupo da forma que ele concebe a sua arte e o seu objetivo. Mas vemos por experiência em aplicar cursos de defesa pessoal regularmente que algumas artes não se preocupam com essa parte achando-se auto-suficientes e propagando que estão preparadas para qualquer tipo de agressão. Bem cabe a cada um que Le esse artigo fazer sua reflexão e ver se aquilo que vive praticando em sua academia seria realmente utilizável diante de uma faca ou uma arma de fogo. Caso sua reflexão lhe mostre o contrário, lembre-se o cidadão hoje não pode andar armado. Só quem tem anda armado hoje é: policiais ou bandidos. Então reflita! Você tem um arsenal de armas em seu corpo, procure deixá-las preparadas. Lembre-se dessa frase; “Melhor está preparado e não precisar, do que precisar e não está preparado”. 

Anúncios