Há  poucas  horas  ainda  estava publicada na internet uma carta escrita com termos não equivocos e explicando o que ultimamente aconteceu com os membros da diretoria de uma federação de karatê  estadual  após  ter  tido a ousadia   sugerir,  organizar e desenvolver atividades de Defesa pessoal, sem o Presidente da Federação de karatê ter sido associado ao projeto, assim motivando a expulsão dessa diretoria, a supressão do nome deles no registro de faixas pretas da entidade de karatê, e o referido apagão dos  clubes onde os mesmos ensinam a modalidade no nosso estado.

Pois bem. Aprendemos que essa carta de explicação logo foi retirada sob pena o autor da mesma ser processado em expor a verdade, ameaças proferidas pelo próprio filho do presidente da Federação, entidade que cada dia encolhe, encolhe, encolhe… como foi previsto, anunciado e já comprovado.

Mais que nunca “Se vira nos trinta” representa um momento privilegiado de lazer para o público karateka pernambucano…

Anúncios