Estão então confirmados por varias fontes do Bubishi, os riscos de desfiliação da Federação Pernambucana de Karatê de vários clubes a associações após ultimato feito pelo atual presidente da entidade aos esses membros de escolher entre continuar a administrar e fazer viver a entidade de defesa pessoal que montaram (Federação Pernambucana de Defesa Pessoal) ou permanecer na Federação Pernambucana de Karatê. O ultimato foi logo consumido quando ao ser convocado  num curso de arbitragem administrado  ninguém compareceu se não os habituais últimos surdos e mudos que ainda pensam fazer parte de uma entidade de peso.

Excelente noticia no entanto para os atletas ainda registrados na federação fantasma, pois de repente, os exames de graduação previamente cobrados a um preço absurdo ( 380 reais para um exame de faixa roxa) vão diminuir para importância mais razoável já que agora os alunos estão sendo desesperadamente  aproximados por telefone para saber o quanto eles seriam dispostos a pagar para se graduar…

Quando não sabe mais onde achar dinheiro vale tudo…

O mais engraçado é o sensei Kawamura ser atualmente aproximado  e receber convite de almoço por responsaveis do karatê oficial pernambucano  querendo fazer as pazes com alguem que ha pouco tempo ainda era tratado por eles de clandestino, sendo maltratado e desconsiderado, quuando por sinal não seguem  recomendações da CBK ( recomendações publicadas  durante varias oportunidades ) de não ter contato com entidades e oficiais não afiliado a WKF, mas ainda querendo se beneficiar da fama e do prestigio do pai do karatê pernambuco.

Se vira nos trinta do Fausto Silva não faria melhor !

Anúncios