Num e-mail mandado a direção do Bubishi por um membro da diretoria da Federação Pernambucana de Karatê em aparento conflito com a atual presidência ( a identidade da pessoa sob seu pedido não será revelada), aprendemos com muita surpresa a atual irregularidade da diretoria da CBK enquanto conforme aos Estatutos da Confederação Brasileira de Karatê, no seu art.47, esta claramente estabelecido a impossibilidade para um membro da diretoria da CBK assumir qualquer cargo de diretoria numa entidade filiada. Um atual vice-presidente Regional da CBK  fica portanto impossibilitado de exercitar o cargo de Presidente de uma entidade afliada e deve urgentemente renunciar em um dois cargos para não ferir o regulamento da entidade superior.

 

Extrato dos estatutos da CBK para consultar no link seguinte:

 http://www.karatedobrasil.org.br/images/stories/docs/Estatuto.pdf

CAPÍTULO II – DA PRESIDÊNCIA

Artigo 47 – A Presidência da CBK será exercida pelo Presidente, com função administrativa e

executiva e pelo Vice-Presidente, ambos eleitos pela Assembléia Geral com mandato de 04

(quatro) anos, permitidas as reeleições.

§1o _Os cargos de Presidente e Vice-Presidente são incompatíveis com qualquer cargo

nas filiadas;

Será que a CBK vai fazer vista grossa o vai respeitar o proprio regulamento? Deixamos vocês adevinhar…

Anúncios