A tradicional pizza brasileira foi mas uma vez no menu da ultima assembleia geral da CBK que ocorreu em Fortaleza no ultimo 30 de Janeiro de 2010 quando, milagrosamente sumiram todos os motivos de discordo e de atrite existindo desde mais de um ano entre a antiga diretoria da CBK e varias federações da entidades que tinham até formado chapa concorrente liderada pela federação cabanga de Karatê com o movimento « Novos rumos do Karatê. »

 

A Assembléia Geral Ordinária  deliberou sobre os pontos seguintes:

 Conhecer o Relatório do Presidente relativo às atividades Administrativo do ano de 2009

Apreciar as Contas do Exercício 2009, acompanhada do Parecer do Conselho Fiscal

Aprovação da Previsão Orçamentária para o ano de 2010 Homologação dos Atos da Presidência durante o ano de 2009

Aprovação do reajuste da Tabela de Custas para o ano de 2010

Homologação do Calendário Oficial de Eventos 2010

Outros assuntos pertinentes ao Karatê Brasileiro

 

As conversas foram qualificadas de frutuosas e amigáveis e, entre outros assunto, foi ressaltada a necessidade de punir os clubes e atletas tendo dupla filiação ou relações com entidades sem vinculo oficial com a CBK e portanto a WKF. Sabemos no entanto ( ver trecho em vermelho da matéria do Bubishi http://www.bubishi.net/?p=1385 publicada em agosto de 2009 ) que altos dirigentes da própria CBK mantem tais vínculos ( no nosso sentido para o fortalecimento do karatê ) e continuamos curiosos saber como o truculento vice presidente da CBK para o Norte nordeste ( dessa vez nada impede ele ser chamado de Vice presidente enquanto permaneceu um ano na clandestinidade ) ira resolver essa situação…

 

Após a Assembléia o presidente da CBK, Edgar Ferraz, convidou todos os presidentes e representantes de federações (inclusive as que faziam oposição) para um almoço e festa na praia do Futuro…Dizem que como de costumo a festa foi boa mesma, com todas as « regalias » devidas aos meninos voltando para o pai e claro tudo pagou com o dinheiro que falta quando trata-se de patrocinar atletas ou os custos dos mesmos. Lembrando que no ultimo campeonato mundial que ocoreu no Japãon enquanto a seleção brasileira corria atrás de material e de condições de alimentação e hospedagem melhor, uma comitiva da diretoria da CBK visitava o Japão. Belo exemplo de como se administra o esporte e o dinheiro dos atletas. Depois como estranhar os resultados obtidos em competições internacionais pela seleção nacional… 

 

Anúncios