O Bushido «  o caminho do samurai » era um código de comportamento não escrito mas muito estrito. Não era necessário enunciar regras literais pois o Bushido tinha que ser entendido como a expressão de uma cultura cujas valores eram ensinadas para os jovens samurais nos primeiros dias de aprendizagem e seguindo uma logica bem como um rigor extreme. As regras mais importantes e destacadas podem resumir-se a duas mais importantes que as outras… zenMountains

A obrigação de servir um mestre e a tranqüila aceitação da morte. Quanto a essa segunda regra ficou obvio a necessidade achar uma sustentação filosófica suficiente com a qual o samurai pudesse ter uma vida espiritual ajudando ele no cumprimento dessas duas missões principais: servir e morrer.

Não podia achar melhor ajuda que com o Zen. A escola de meditação Zen não restringe-se as modalidade de luta, mesmo sim conforme a lenda, ela esta intimamente vinculada com a traição marcial de Shaolin. O Zen é um caminho que leva para a iluminação e que construí-se acima das noções do ser e do despertar da consciência. Pela pratica de qualquer modalidade ( a poesia, o ikebana ( aranjos florais), a caligrafia ou a preparação do chá) o discípulo zen livra-se de qualquer desejo terrestre, efeituando uma seria de atos, repetidos ritualmente. Com a renuncia aos bens materiais ( a primeira razão pelo escurecimento da alma), o discípulo pode chegar ate o Satori, a iluminação, que autoriza o mesmo achar o seu lugar no universo. A pratica de uma arte de luta foi , nas origens, completamente relacionada com essa busca do Satori.

« O samurai só deve aprender uma coisa: enfrentar a morte com firmeza »

 Um estado intelectual que não deixa nenhuma breche para a hesitação ou o medo, e um vazio mental que considera desnecessária a busca da própria segurança são as características da alma necessária pela sobrevivência vitoriosa num dual. Um mestre de karatê famoso a qual foi pedido sobre o assunto da regra de base da autodefesa respondeu «  Quem hesita ira meditar no chão ». No entanto é claro que não deve ser assimilado esse desprezo para o perigo tal como uma busca frenética da morte

Outro aspecto fundamental da formação espiritual do guerreiro é a capacidade em adivinhar a habilidade de um adversário e portanto a presencia de um perigo, bem como a capacidade em escolher uma estrategia necessária e o exato momento para golpear. Isso tem a ver com a noção do Ki, o centro da energia permitindo agüentar a dor e o sofrimento e reforçar sua vontade para atingir as limites do humano

A filosofia do samurai seria ao equivalente de um código moral ou ético. No ponto de visto da filosofia ocidental não. O Confucianismo e o Budismo tinha com certeza penetrado a cultura japonesa, mas o zen, não considerava nenhuma outra norma que essas incluídas pelo giri, ou seja pelo dever. E complicado julgar os samurai e a disciplina nas artes marciais de um ponto de visto ocidental. As artes marciais são o espelho da sociedade na qual eles se desenvolveram.. No tempo dos samurais, eram técnicas para obter a vitoria numa luta ate a morte. Sua filosofia era fortemente influenciada pela necessidade de fazer crescer certo estado de espirito e da alma em prol da sobrevivência a qualquer custo. É uma atitude que pode nos parecer impiedosa ou amoral mas que correspondia perfeitamente com as exigências da época. Por outro lado não significa que as artes marciais deixavam homens violente desnecessariamente ou pelo contrario muito sábio e respeitoso para com os outros. A ruindade ou a bondade são características próprias a cada hum podendo decidir fazer crescer ou abafar-as. Dentro dos samurais, tinha homens justos e outros violentos, loucos ou sábios. A capacidade de sobreviver, de matar o inimigo com mil e uma maneiras diferente ou de poupa-lo só era um tipo de esmalte recobrindo sem apagar las tendências pessoais. O que era então verdade ainda é hoje.

No entanto a necessidade de sobrevivência não é mais hoje o elemento mais importante das artes marciais pois a situação não exige mais isso. Em todas as modalidades marciais, incluído o karatê, houve portanto a necessidade de uma adaptação ate essas modalidades transformar em atividade desportivas.

 

Anúncios